Arroz ao lume

0
793

Como foi público e notório, Aníbal Cavaco Silva saiu da tomada de posse do atual chefe de Estado antes da sessão de cumprimentos.

Sem dar explicações, o antigo Presidente da República teve uma atitude incompreensível e que muitos atribuíram a arrogância e má educação.

Mas, na verdade, o homem teve uma razão de peso. Não, não foi por se ter esquecido dos comprimidos. Também não foi por ter tido uma dor de barriga. Foi por não gostar de arroz doce frio. A esposa avisara-o de que o arroz estava ao lume. Ora, sabemos bem que arroz doce se faz num instante. E de São Bento até à Travessa do Possolo ainda vai um bocado e com o trânsito… não dava para arriscar.

Fonte do gabinete do antigo Presidente também não justificou a saída intempestiva de Cavaco. Apenas disse que “O professor Cavaco Silva teve de regressar a casa e não pôde ir aos cumprimentos”, não adiantando qual a razão, mas indicando que “não há grande história”.

Mas nós sabemos qual foi a verdadeira razão. Motivo de inspiração para o cartoon de Hélder Dias.

cartoon de Hélder Dias

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here