Covid-19: 196 mortes, números a descer

0
210

Números continuam a baixar. Hoje há registo de “apenas” 196 mortes e 2.505 novos casos de infeção covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Mas o boletim da DGS revela também que estão internadas 6.344 pessoas, mais 96 do que no domingo, das quais 877 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais 12. É expectável que os internamentos também venham a registar uma redução dentro de dias.

O número de óbitos hoje é o mais baixo desde 18 de janeiro, dia em que se registaram 167 mortes. Relativamente às 196 mortes registadas nas últimas 24 horas, 100 ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, 38 na região Centro, 32 na região Norte, 19 no Alentejo, quatro na região do Algarve e três na região Autónoma da Madeira.

Vacinação: ponto de situação

A campanha de vacinação já abarcou 397.404 mil pessoas, até hoje. Cerca de 292 mil já tomaram a primeira dose e cerca de 104 mil a segunda doses, números revelados pela ministra da Saúde.

Segundo Marta Temido, “abrangeram residentes e profissionais de estruturas residenciais para idosos, lares, unidades da rede nacional de cuidados continuados integrados e estruturas equiparadas”, designadamente algumas estruturas para cidadãos portadores de deficiência.

“Também houve nestas inoculações já realizadas um número significativo de profissionais de saúde e já estão também aqui incluídas vacinações a pessoas com mais de 80 anos ou com entre 50 e 79 anos e uma das quatro comorbilidades identificadas como prioritárias para esta fase da vacinação”, explicou.

Variante britânica disseminada em Portugal

Um segundo caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi detetado em Portugal, segundo dados do Instituto Nacional de Ricardo Jorge, que indicam que a circulação desta variante ainda “é limitada” no país.

O primeiro caso identificado em Portugal desta nova variante foi detetado no dia 07 de janeiro. Tratava-se de um homem de 36 anos, natural de África do Sul, residente em Lisboa, que está dado como recuperado desde o dia 17.

Já a chamada variante do Reino Unido está disseminada pelo país, segundo a mesma fonte.

Sobre a variante brasileira, detectada em Manaus, não há registo de nenhum caso em Portugal.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here