Covid-19: quase 10 mil mortes, pior que na guerra colonial

0
781

Nas últimas 24 horas registaram-se mais 167 mortes relacionadas com a pandemia covid-19. Nunca antes houve tantas mortes num só dia provocadas pela covid-19. Portugal aproxima-se a passos largos das 10 mil mortes, o número estimado de soldados portugueses que morreram em 11 anos de guerra colonial em três frentes simultâneas. Os que protestam contra o confinamento, pensem nisso.

Quanto aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico revela que estão internados 5.165 doentes, mais 276 em relação a domingo, das quais 664 em cuidados intensivos, mais 17. O boletim regista, ainda, mais 6.702 pessoas infetadas pelo novo coronavírus.

Afinal, é bom viver numa ilha isolada

O número de concelhos em risco extremo devido ao número de casos de covid-19 quase triplicou nos primeiros 12 dias de janeiro, passando de 57 para 155.

O boletim da Direção Geral de saúde explica que 155 concelhos registaram uma taxa de incidência de casos acumulados de infeção pelo novo coronavírus superior a 960 por 100 mil habitantes, entre 30 de dezembro de 2020 e 12 de janeiro.

No último relatório com dados relativos ao período entre 23 de dezembro e 05 de janeiro, havia 57 concelhos com incidência de casos acumulados de infeção pelo novo coronavírus superior a 960 por 100 mil habitantes.

Com zero casos de infeção estão quatro concelhos, menos três em relação aos dados anteriores: Corvo, Lajes das Flores, Lajes do Pico e São Roque do Pico, nos Açores. Não será por acaso: as ilhas do Pico, Flores e Corvo são as mais isoladas de todo o arquipélago açoreano.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here