Transformar lixo em luxo

0
230

Chama-se Tom Ford, é um estilista norte-americano, tem iniciativas ligadas à proteção ambiental e algumas são bastante originais. A mais recente é a criação do prémio Tom Ford Plastic Innovation Prize, uma iniciativa que visa distinguir projetos de proteção e sensibilização ambiental (nomeadamente na substituição do plástico por materiais biodegradáveis).

Em simultâneo com este anúncio, apresentou um relógio inteiramente feito com lixo plástico recolhido no mar. Lixo que se transforma em relógios de luxo, gadgets caros.

Instagram de Tom Ford

Para produzir um modelo, são necessárias 35 garrafas, o que significa que, por cada mil unidades vendidas, foram recuperados 222,26 quilos de plástico do mar. Segundo as estatísticas, todos os anos vão parar aos oceanos mais de 8.000.000 de toneladas desse material. Os cientistas avisam que, se nada for feito até lá, em 2050 haverá mais plástico do que peixe no mar.

O relógio foi desenvolvido em parceria com o 52HZ, o departamento consultivo da associação ambientalista Lonely Whale. O relógio está aí, quem puder que o compre. Custa 995 dólares, cerca de 840 euros.

Quanto ao prémio, o primeiro vencedor será anunciado apenas em 2022. “Terá de ser uma solução real que possa ser massificada, desenvolvida e produzida”, esclarece Tom Ford.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here