Mestres da culinária…

0
849

Vem escrito nos jornais e redes sociais, o primeiro-ministro despediu pelo telefone o presidente do Tribunal de Contas. Publicamente, António Costa justificou-se com o princípio da não revogação de mandatos em organismos públicos.

Caíu o “Carmo e a Trindade” porque, como se sabe, Portugal vai receber triliões de euros nos próximos anos e já toda aquela gente aguça os dentes da corrupção.

Os crentes em Costa lembram que o senhor despedido, Vítor Caldeira, foi nomeado na anterior legislatura pelo mesmo António Costa que, agora, o mandou embora. Os não crentes na bondade de Costa lembram os engulhos sofridos por projetos contratualizados com o Estado por dúvidas e questões interpostas pelo Tribunal de Contas enquanto foi dirigido por Vítor Caldeira. Quem não se lembra do adágio socialista “quem se mete com o PS, leva”?

O cartoon de Hélder Dias:

Mestres da Culinária, by Hélder Dias

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here