Manifestação contra o estado a que isto chegou

0
372

Foi uma manifestação pacífica mas que deu algum trabalho à PSP. O problema não foram distúrbios nem atos de violência, apenas um corte simbólico do trânsito automóvel durante cerca de uma hora, até que os agentes da polícia decidiram a arrastá-los para o passeio um por um. De resto, era feriado e havia pouco trânsito.

Os ativistas da Climáximo pretenderam realizar uma acção pacífica de desobediência civi, intitulada “Nós Somos os Anti-Corpos”, durante a qual apresentaram três reivindicações de emergência:

1. Neutralidade Carbónica em 2030

2. Serviços Básicos Incondicionais

3. Limite Máximo ao Rendimento

Os ativistas são contra a maximização do lucro e de todos os sistemas sociais que alimentam a discriminação entre e dentro dos povos, lutam pela justiça climática e a justiça social, e prometem voltar à rua no próximo dia 17 deste mês.

Fiquem com as fotografias do acontecimento:

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here