Vacinação contra gripe começa mais cedo

0
570

A campanha de vacinação para a gripe vai ser antecipada este ano, começando em 28 de setembro pelas faixas da população prioritárias, que incluem idosos e grávidas, revelou hoje a diretora-geral da Saúde. O anúncio foi feito pela diretora geral da Saúde, Graça freitas.

A campanha de vacinação do Serviço Nacional de Saúde, que começa habitualmente em 15 de outubro, começará mais cedo com uma primeira fase para qual há 350 mil vacinas disponíveis.

Residentes em lares de idosos, profissionais de saúde, profissionais do setor social que prestam cuidados e grávidas estão entre os setores mais vulneráveis e serão os primeiros a poder ser vacinados, afirmou.

Na segunda fase, que começará em 19 de outubro, estão incluídos outros grupos de risco: pessoas com 65 ou mais anos e pessoas com doenças crónicas.

Os epidemiologistas acreditam que a vacina contra a gripe sazonal favorece as defesas do organismo contra a infeção pelo covid-19. A ser assim, talvez fosse prudente o governo ter alargado o âmbito dos grupos que podem receber gratuitamente a vacina da gripe como, por exemplo, alargar a faixa etária para os 55 ou 60 anos e incluir grupos profissionais como, por exemplo, professores, técnicos não docentes do sistema de ensino ou bombeiros.

No total, o SNS comprou este ano mais de dois milhões de vacinas da gripe a duas empresas diferentes, por concurso público, mas todas as vacinas são iguais.

Uma das empresas entregou já 150 mil doses, a distribuir pelas administrações e nos próximos dias chegará mais uma tranche para permitir começar a vacinação mais cedo.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here