Hospital Amadora-Sintra fecha urgência de obstetrícia à noite

0
292

Quando se fala no hospital de Sintra é sempre por uma má razão. Ou é a falsa promessa eleitoral de se ir construir um novo ou é alguma coisa que falha no velho Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca. Desta vez, o que está a causar alarme, é o anunciado encerramento do Serviço de Urgência de Ginecologia-Obstetrícia à noite. Grávida em aflição terá de ir para outro lado, mais longe, mais incerto, e rezar para que chegue a tempo. Afinal de contas, estamos a falar do serviço de urgências.

O anúncio foi feito pelo próprio Hospital “dada a escassez de recursos humanos que possam assegurar um eficaz atendimento às grávidas”. O aviso vale já a partir desta noite.

O presidente da Câmara de Sintra acionou os seus “mecanismos” e fez chegar às redações um lamento profundo pelo “desrespeito para com as populações” que é a decisão de encerrar as urgências noturnas de ginecologia-obstetrícia.

Os sintrenses lamentam mais, uma vez que são eles quem precisam mesmo de ir aquele hospital quando lhes dói alguma coisa, o presidente da Câmara irá a outro lado, com toda a certeza.

Durante o período noturno, as grávidas deverão recorrer aos Serviços de Urgência do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (Hospital de Santa Maria), do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central (Maternidade Dr. Alfredo da Costa), do Centro Hospitalar Lisboa Ocidental (Hospital São Francisco Xavier) e do Hospital de Cascais.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here