Oeiras, protesto por falta de passeios para peões

0
705

A inexistência de passeios para peões em algumas ruas do concelho de Oeiras tem motivado protestos dos munícipes. Nas redes sociais, esses protestos emergem com frequência. Hoje, damos eco deste, escrito e fotografado por Carla Castelo na sua página do Facebook:

“Oeiras é um concelho onde se gastam 4 milhões de euros num parque de estacionamento para 320 automóveis junto ao Parque dos Poetas, mas não se gastam poucos milhares de euros a fazer um passeio neste troço da Estrada do Murganhal, frente a uma escola do Ensino Básico e a uma Unidade de Cuidados Continuados, e onde existe uma paragem de autocarro em terra batida plantada.

O mais inconcebível é que, na mesma semana em que foi inaugurado o grandioso parque de estacionamento do Parque dos Poetas e em que no Murganhal se refez todo o passeio da Estrada do Murganhal no limite do parque da Quinta do Jardim, o mesmo não foi continuado na direção da paragem de autocarro e da escola Samuel Johnson. Aqui, novos e velhos, continuam a ter de caminhar pela estrada, com o risco de atropelamento que isso implica, para apanhar o autocarro (117 Vimeca e Combus Caxias- Quinta da Moura) ou sair dele.

Mesmo se este fosse caso único seria mau. Mas, infelizmente, abundam exemplos semelhantes no Valley de Isaltino Morais que, como se vê, tem outras prioridades: desde logo, promover ainda mais a dependência do automóvel particular”.

Passeio refeito na semana passada que acaba abruptamente. Depois, quem quer apanhar o autocarro tem de ir na estrada até à paragem

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here