Para que serve a contribuição audiovisual que pagamos

0
1619

O presidente do Conselho de Administração da RTP disse, numa audição da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação, que a empresa gasta anualmente 200 mil euros em manutenção de terrenos não utilizados. Para dar mais peso a esta revelação, Gonçalo Reis fez um exercício de aritmética e demonstrou que nos últimos cinco anos a empresa gastou um milhão de euros nesta área.

O administrador esclareceu que em alguns são “terrenos agrícolas”, sem qualquer préstimo para a atividade da RTP.

Faltou, talvez, esclarecer a comissão parlamentar das razões que levaram a RTP a adquirir esses terrenos e, principalmente, das razões que impediram esta administração de resolver esta questão e, assim, reduzir despesas que não se justificam, aparentemente. Gonçalo Reis está na RTP desde 2015 como presidente do Conselho de Administração, já teve tempo de gerir este problema.

Gonçalo Reis, presidente da RTP

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here