Os enfermeiros e as palminhas à varanda

0
631

Reconhecer que os profissionais de saúde merecem um prémio porque, no limite, arriscam a própria vida no combate ao covid-19, e ignorar outras classes como os bombeiros ou mesmo os funcionários dos lares, não é mais do que uma medida dois em um: populista porque causa impacto favorável na opinião pública, calculista porque mantém médicos e enfermeiros manietados. Então, o que dizer dos agentes da autoridade que todos os dias arriscam a vida, ainda que por outros motivos? E os professores que leccionam em zonas problemáticas, vítimas inúmeras vezes de violência física?
Cada profissão tem riscos associados e premiar estes profissionais por terem feito aquilo que lhes compete, é admitir que nada fazem quando não há pandemias.
Tenho amigos nestas classes para os quais o distanciamento social (em vez das homenagens de circunstância e palminhas às varandas) já seria prémio bastante.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here