Hepatite-C, centro de rastreio na Mouraria

0
1049

O Hospital de Santa Maria, em Lisboa, tem agora um serviço descentralizado de rastreio à hepatite C.

O Centro de Rastreio In-Mouraria resulta de uma parceria entre um grupo de cidadãos ativistas pela causa dos doentes com hepatite C e o Centro Hospitalar Universitário de Lisboa, situa-se na Calçada de Santo André, na Mouraria, junto à rua dos Cavaleiros, uma zona de grande consumo de droga e onde existem muitos sem-abrigo, grupos sociais onde existe uma grande prevalência de hepatite-C.

A doença tem tratamento e cura, mas o grau de mortalidade é elevado. A taxa de sucesso de cura nestas pessoas mais vulneráveis é de apenas 11 a 12%, enquanto na restante população é de 60 a 70%.

Esta medida apresenta várias vantagens, desde logo porque beneficia da proximidade com os grupos de risco e, em época de pandemia, evita que estas pessoas tenham de se deslocar a hospitais centrais.

Assim, neste centro de rastreio os pacientes poderão realizar procedimentos clínicos, como a confirmação da infeção, análises, elastografia, prescrição e avaliação do sucesso terapêutico.

As pessoas que tiverem resultados positivos no rastreio à infeção da hepatite C serão encaminhadas para o serviço de Gastrenterologia do Hospital de Santo António dos Capuchos.

Estima-se que cerca de 200 pessoas, de toda a Área Metropolitana de Lisboa, poderão beneficiar imediatamente deste programa, podendo o número vir a aumentar com o tempo.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here