Covid-19: Ministra contradiz autarca de Sintra

0
3410

Portugal tem 161 surtos de covid ativos, dos quais 107 na região de Lisboa e Vale do Tejo, tendo o risco de transmissibilidade, denominado RT, subido na última semana para 1.0 (significa que cada infetado contagia mais uma pessoa, em média).

“Estão 27 surtos ativos no norte, 10 no centro, 107 na região Lisboa e Vale do Tejo, um número compatível com o que é a incidência da doença, cinco no Alentejo e 12 no Algarve”, afirmou a ministra da Saúde, ontem, na habitual conferência de imprensa de atualização de informações sobre a covid-19.

A situação epidemiológica do país, adiantou, “permanece marcada pela força do impacto dos números da região de Lisboa e Vale do Tejo, concretamente na zona norte da área metropolitana de Lisboa e em 19 freguesias”, onde se registam mais casos de infetados com o novo coronavírus. Estas afirmações parecem desmentir o que tem vindo a ser dito pelo presidente da Câmara de Sintra que, há dois dias afirmou que os números em Sintra estavam a baixar.

O autarca de Sintra começou por não dar importância ao “alarme social” motivado pelo aumento dos contágios no concelho, mas hoje é evidente que a situação é grave.

O mais elevado RT concentra-se na região norte (1,12), seguida pela região centro (1,06), pela região de Lisboa e Vale do Tejo (0,98), Alentejo (0,95) e Algarve, cujo risco de contágio se situa em 0,81.

Marta Temido revelou ainda que os boletins epidemiológicos da Direção Geral da Saúde  sobre a covid-19 vão ser corrigidos com a inclusão de 207 notificações laboratoriais detetadas a 2 de julho.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here