Atletas brasileiros fogem do covid-19 para Portugal

0
1826

O Governo português deu autorização para a viagem de duzentos atletas olímpicos brasileiros que vêm para Portugal efetuar um programa de treinos de várias semanas.

A informação foi divulgada pelo Comité Olímpico brasileiro, no âmbito da denominada “Missão Europa” que aguardava autorização por parte do Governo português, devido a restrições impostas pelos estados-membros da União Europeia, que no final de junho mantiveram o Brasil na lista de países impedidos de atravessar as fronteiras do bloco europeu.

Contudo, o executivo português deu o aval aos atletas olímpicos devido a “condições especiais previstas para brasileiros em exercício de atividade profissional no país”, segundo indicou o Comité Olímpico do Brasil.

A “Missão Europa” durará de julho até dezembro e tem como objetivo possibilitar aos atletas brasileiros recomeçarem a treinar com vista à participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio, garantindo a segurança total da delegação e cumprindo os protocolos exigidos pelos serviços médicos.

As primeiras equipas a embarcar para Portugal, já na próxima semana, integram as modalidade de boxe, natação artística, ginástica, judo e natação.

Até ao momento, o COB tem programado o envio de cerca de 200 atletas de 16 modalidades desportivas, além de técnicos e equipas multidisciplinares.

Os atletas ficarão divididos em quatro bases; Rio Maior, Coimbra, Cascais e Sangalhos.

Juntamente com as autoridades portuguesas, o COB estabeleceu um protocolo rígido de controlo para identificar e prevenir a contaminação pelo novo coronavírus. Assim, todos os integrantes da delegação serão testados até 72 horas antes do embarque, só podendo viajar caso apresentem resultado negativo à covid-19.

Ao chegarem a Portugal, os membros da equipa têm previsto seguir diretamente para os centros de treino, onde serão novamente testados e ficarão em isolamento por 48 horas, até sair o resultado dos exames. Posteriormente, caso testem negativo, estarão aptos para atividades desportivas.

O Brasil é o segundo país do mundo com mais mortos e infetados com covid-19, totalizou na sexta-feira 1.800.827 milhões de infetados e 70.398 óbitos devido à covid-19.

Nas últimas 24 horas, o Brasil registou oficialmente 1.214 vítimas mortais e 45.048 pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here