Transportes Covid S.A.

0
2841

O governo acredita que manter 19 freguesias de Sintra, Amadora, Odivelas, Loures e Lisboa numa espécie de confinamento suave vai resolver a situação…

Mas, só assim, dificilmente o problema vai ter resolução…

Ou essas 19 freguesias regressam ao confinamento definido pelo estado de emergência ou então de que serve dizer às pessoas que não devem sair de casa, a não ser para ir às compras e ir trabalhar.

Ir às compras… ok, mas ir trabalhar é dizer às pessoas que têm de entrar em autocarros e comboios a abarrotar de gente… onde o distanciamento social possível é de 20 centímetros e não de dois metros…

Hoje apareceu esta fotografia que se tornou viral depois de uma utente do metropolitano de Lisboa a ter divulgado com um texto a dizer que se tratava da imagem da carruagem onde seguia e onde não era possível cumprir as medidas de distanciamento necessárias para evitar o contágio… Linha amarela, hoje, 25 de Junho, percurso Odivelas – Rato às 07:50 da manhã.

Depois disso, apareceram mais imagens de situações idênticas, até as televisões se sentiram na obrigação de mostrar também aquilo que já todos sabíamos há muito que estava a acontecer…

Os transportes públicos só não estiveram à pinha nos dias de confinamento rígido… e quando o governo decidiu desconfinar, as condições em que as pessoas se deslocam nos transportes públicos tornaram-se evidentemente num dos principais modos de contágio…

No site Duas Linhas está um vídeo publicado em 2 de junho com imagens de uma camioneta de transportes públicos cheia, com passageiros em pé, todos os lugares sentados ocupados, portanto, nada do que se está a passar é novidade e o que houve foi incompetência de quem analisou as condições de desconfinamento porque não levaram em linha de conta o modo como as pessoas das periferias se deslocam para os locais de trabalho… assim como não ligaram às condições de vida que muitas destas pessoas têm, encafuadas em apartamentos minúsculos ou em casas precárias, com famílias numerosas numa partilha ao centímetro do espaço disponível…

E é por isso que é criminoso um presidente de câmara pensar que resolve o problema fechando ruas e prédios onde vivem os mais carenciados dos seus munícipes…

Presidentes de câmara sem amor pelas pessoas não valem nada, nunca deviam ter sido eleitos…

Voltando ao princípio da conversa, de nada serve obrigar os restaurantes e o comércio a fechar mais cedo, de nada serve impedir ajuntamentos com mais de 10 pessoas, de nada serve proibir festas, beijos e abraços… se as pessoas viajam nas vimecas e metropolitanos da vida como sardinhas em lata… e vivem em apartamentos onde têm menos espaço que nas  carruagens da cp…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui