PSP identifica jovem do cartaz de ódio

0
1262

Com grande eficiência e eficácia, a PSP diz já ter identificado o jovem que empenhava um cartaz de ódio à polícia, exibido na manifestação contra o racismo e a violência policial que se realizou simultaneamente em Lisboa e no Porto.

Esta segunda-feira, a PSP divulgou um comunicado a explicar que tem diligências em curso para identificar mais alguns dos manifestantes que “exibiram cartazes com inscrições de incentivo à violência contra polícias e, portanto, passíveis de se constituírem como ilícitos criminais”, sendo que um deles já está mesmo identificado.

A polícia anunciou ainda que “os factos foram comunicados ao Ministério Público da Comarca do Porto” e que “a PSP exercerá o direito de queixa relativamente aos ilícitos criminais que dela necessitem”. É ainda explicado que os agentes não procederam a qualquer identificação durante a manifestação no Porto por considerarem que “essa intervenção poderia ser incorretamente interpretada e, consequentemente, potenciadora da ocorrência de indesejáveis desordens num evento que se pretendia pacífico”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui