Prisão da Carregueira com três casos de covid-19

0
1329

No Estabelecimento Prisional da Carregueira, em Belas, Sintra, há três funcionários infetados com covid-19. Os três casos foram detetados na sequência do rastreio feito aos trabalhadores. Segundo informações entretanto tornadas publicas, os trabalhadores em causa estão assintomáticos e em isolamento nos seus domicílios, detalhou a Direção Geral dos Serviços Prisionais que garante ainda que todos os trabalhadores que tiveram contacto de proximidade com os infetados “já foram testados e os resultados recebidos foram todos negativos”. Os reclusos não foram testados.

Esta manhã, só foram abertas as portas aos reclusos (800 presos) depois das 9 horas, para que pudessem tomar o pequeno almoço. As portas foram abertas por secções, por precaução.

As visitas estão canceladas, de novo.

Segundo contacto telefónico feito para o Duas Linhas, esta manhã havia algum mal-estar entre os familiares que esperavam pela sua vez para entrar para as visitas, assim como entre os reclusos que ensaiaram alguns protestos contra a falta de medidas eficazes para impedir a contaminação e a proliferação de contágios dentro da prisão.

O estabelecimento prisional está agora a identificar os contactos suscetíveis de contágio que tenham tido com reclusos os três funcionários doentes.

Entretanto, o sindicato dos guardas prisionais acusou as chefias e a direção do estabelecimento prisional de terem ocultado a situação.

Este é mais um caso nas prisões na última semana, depois de outros três casos de coronavírus no Hospital Prisional de Caxias, isto dias depois de a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, garantir que não havia casos de coronavírus nas prisões portuguesas.

foto Google maps

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui