Nani: na Amadora ele é o maior

0
767

Os futebolistas que ganham muito dinheiro são, por norma, pessoas generosas. Muitas vezes é uma generosidade com intuitos propagandísticos, atos de quem quer ficar bem na fotografia. Outras vezes, é generosidade pura, vontade de ajudar.

Há uns dias, Nani mandou comprar e entregar na escola onde estudou 50 computadores portáteis, de modo a suprir algumas dificuldades que as crianças têm sentido desde que as escolas fecharam e passaram a ter aulas online.

É assim que o agrupamento de escolas Cardoso Lopes, na Amadora, ficou mais apetrechado para suprir dificuldades de alunos mais carenciados.

Não é a primeira vez que Nani “regressa às origens” e ajuda quem vive nas condições em que ele já viveu, nos locais onde ele cresceu. No Natal costuma entregar cabazes a todas as famílias que vivem na Estrada do Bairro Militar, na freguesia da Mina.

Agora, Nani joga nos Estados Unidos, na equipa do Orlando City. Longe da vista mas perto do coração.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here