Covid-19: violência nos números e na dispersão de convívios (vídeo)

0
1159

Em Portugal, 79% das novas infeções detetadas nas últimas 24 horas aconteceram na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o relatório sobre o evoluir da pandemia divulgado hoje pela Direção Geral de Saúde.

De um total de 323 novos casos, a região de Lisboa tem 255. Tem, também, todas as seis mortes registadas.

São números pesados.

Por concelhos, a situação é a seguinte:

1- Lisboa com 3347 (+12 que ontem)

2- Sintra com 2499 (+22)

3- Loures com 1756 (+11)

4- V. N. Gaia com 1644 (+11)

5- Amadora com 1601 (+10)

Também na Área Metropolitana de Lisboa, Odivelas com 1.060, Oeiras com 718 e o Seixal com 573 (todos com mais seis casos). Cascais tem 870 casos (mais dois), Almada 568 (mais sete) e Vila Franca de Xira permanece com 731.

Ventiladores e aplicações para telemóveis

Desde o início da pandemia, Portugal recebeu 952 ventiladores, entre compras e doações, para os quais foram fretados 14 aviões, informa a DGS no seu site.

Segundo a informação, “os ventiladores encomendados pela ACSS (Administração Central dos Serviços de Saúde) já estão maioritariamente entregues. Nos últimos voos chegaram 560 ventiladores, que, à medida que vão sendo verificados e testados, são distribuídos pelos hospitais”.

Sobre a aplicação de rastreio para telemóveis, que já está a ser usada em alguns países, e citando a Ministra da Saúde, há uma App que em breve estará disponível para utilização experimental, sendo que a sua utilização é uma opção “voluntária e individual”.

Polícia usa violência para dispersar ajuntamento em Loures

A PSP divulgou uma informação sobre três ações policiais efetuadas para dispersar grupos distintos de pessoas na zona de Loures por se tratar de ajuntamentos com mais de 20 pessoas, proibidos devido à situação de pandemia covid-19.

De acordo com a PSP, as autoridades foram ainda alertadas para um estabelecimento no concelho da Amadora que se encontrava a funcionar além da hora permitida por lei, já que os cafés têm agora de fechar às 20:00.

A situação mais grave foi a que ocorreu em Loures, quando dispersavam um grupo de pessoas durante uma ação de fiscalização a um estabelecimento no bairro Prior Velho. Das agressões mútuas, resultaram três polícias ligeiramente feridos e dois cidadãos detidos, um deles teve de receber tratamento hospitalar.

Na Cova da Moura, também houve violência, a polícia não foi capaz de estabelecer diálogo com alguns residentes que se encontravam na via pública e o ambiente azedou, como se pode ver no vídeo. As imagens não mostram qualquer reação violenta por parte do homem de braços levantados que a polícia encostou a uma viatura estacionada, há discussão verbal, algumas agressões de polícias e o vídeo termina com vários agentes da polícia a agir com violência sobre o cidadão.

(informação atualizada às 18h50)

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here