Atores, músicos, técnicos do espetáculo – “parados, nunca calados”

0
352

Hoje há manifestações dos profissionais da cultura em várias cidades do país, incluíndo Lisboa.

Ao fim do dia, por volta das 18 horas, atores, técnicos e outros profissionaios das artes e espetáculos protestam contra a situação em que estão a viver, de penuria generalizada por falta de trabalho e quase sem apoios governamentais.  

“Parados. Nunca calados”, é o mote desta manifestação nacional que em Lisboa irá decorrer no Rossio.

O Sindicato dos Trabalhadores de Espetáculos, do Audiovisual e dos Músicos (CENA-STE) organiza este evento para afirmar o “protesto, de afirmação de que é necessário medidas de emergência de forma urgente”, porque  “passaram três meses desde que a pandemia mudou a vida de todos e de forma muito violenta a dos músicos, trabalhadores de espetáculos e do audiovisual”.

“Num setor em que domina a precariedade, os efeitos são catastróficos e à medida que o tempo passa, sem que sejam tomadas medidas de emergência e de fundo, as consequências são cada vez mais devastadoras e auguram um efeito prolongado sobre a vida dos profissionais e sobre a Cultura”, diz a convocatória do sindicato para esta manifestação.

Desde março, foram adiados ou cancelados todos os espetáculos públicos na sequência das medidas de contingência definidas pelas autoridades para tentar travar a propagação da covid-19.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here