20 anos de “Egoísta”

0
283

O mais recente número da revista Egoísta celebra os 20 anos desta publicação. Os admiradores mais atrevidos dizem que a Egoísta é a melhor revista jamais feita em Portugal.

Bom, na verdade é uma revista ousada, graficamente revolucionária, uma revista de culto, uma boa revista em qualquer lado do Mundo.

“Egoísta 20 anos, é uma edição comemorativa que, como todos nós, foi apanhada pela pandemia e pelo confinamento. Pronta em fevereiro deste ano, a edição chega só agora ao mercado.

Se comprar esta edição especial, pode ler o ensaio de António Barreto “Vinte Anos: Não há Céu sem Inferno”, uma análise do que foram estas duas décadas do novo milénio com enfoque específico na realidade portuguesa. Entre outras coisas, António Barreto escreve: “O mundo está em fúria, o clima e a natureza estão zangados. Nestes 20 anos, por evolução telúrica ou por obra do Homem, ocorreram algumas das piores catástrofes de que há memória e registo”…

Outros textos assinados por Paula Cosme Pinto, Filipe Santos Costa, Tânia Ganho, Valter Hugo Mãe ou Rui Couceiro. Exploram-se universos distintos, tendo sempre em conta o tempo, o poder do tempo, as marcas do tempo.

E mais, muito mais, poesia, fotografia, ilustração e, claro, o editorial assinado por Mário Assis Ferreira, o diretor da Egoísta.

Lançada há 20 anos, a Revista “Egoísta” foi já galardoada com 90 prémios nacionais e internacionais na área do jornalismo, design, edição, criatividade e publicidade, o que a torna na publicação mais premiada a nível europeu.

Para quem puder (preço de capa é 17,50 €), vale a pena a compra para ler e guardar.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here