Isolamento social? Há quem viva assim a vida toda (entrevista em vídeo)

0
973

Raul Tomé levou 8 anos a escrever um livro, o tempo necessário para conseguir entrar no “casulo” em que vivem fechadas as pessoas que sofrem de nanismo, uma doença que atrofia o desenvolvimento ósseo do corpo humano.

A obra, que resulta de uma tese de mestrado, intitula-se “Deficiência, Nanismo e Mercado de Trabalho – Dinâmicas de inclusão e exclusão”, e aborda questões como a deficiência, o nanismo, o estigma, a exclusão social e, claro, a inserção profissional das pessoas com nanismo e as dificuldades que encontram no acesso ao mercado de trabalho.

“Este livro na realidade foi escrito por mim, mas não é nem nunca será meu”, diz o autor.

“O livro é das pessoas a quem se dirige, do bem que lhes possa fazer e da mudança social que possa operar”.

A entrevista com Raul Tomé.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here