Covid-19: vigilância especial para Sintra, Amadora e Lisboa

0
1476

Em Portugal, a pandemia covid-19 está com tendência para baixar, a contabilidade diária diz que o contágio está a baixar em todo o país exceto na região de Lisboa e Vale do Tejo, principalmente nos municípios de Loures, Odivelas, Amadora, Lisboa e Sintra.

Por isso, a Direção Geral de Saúde tomou medidas específicas de saúde pública, tendo em conta as características dos novos casos de covid-19 nestas zonas. A “estratégia de contenção” envolverá, “ao longo dos próximos dias” o reforço dos seguintes aspetos:

– O rastreio do novo coronavírus focado nas nos grupos profissionais da construção civil e armazéns de logística;

– O acompanhamento clínico dos casos confirmados de covid-19 diariamente por profissionais de saúde, designadamente por visitas domiciliárias para melhor perceção do contexto e acompanhamento dos doentes.

– A identificação de locais alternativos para o confinamento domiciliário” quando se comprove que as condições de habitabilidade não reúnem os critérios de exequibilidade para o isolamento;

A ministra da Saúde acredita que esta estratégia permitirá reduzir o número de contágios e minimizar o risco de transmissão comunitária nesta região. Mas Marta Temido apela a todos que tenham sintomas para, voluntariamente, não irem trabalhar e contactar as autoridades sanitárias.

Está já em curso uma operação de testagem de trabalhadores em empresas e locais de trabalho com fatores de risco na região da Grande Lisboa, a operação vai decorrer ao longo dos próximos dias e está integrada na “estratégia traçada para prevenir e conter os riscos de contágio.

A Região de Lisboa e Vale do Tejo registou o maior aumento de novos casos nas últimas 24 horas (231 dos 257 novos casos).

Lisboa tem, no total, 2365 casos confirmados.

Amadora tem 821 casos confirmados.

Oeiras tem 416 casos confirmados.

Cascais tem 551 casos confirmados.

Sintra tem 1173 casos confirmados.

Portugal registou este sábado mais 257 infeções por covid-19. Destes novos casos, 231 são na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here